Copa Do Mundo 2014

Hinos da Copa do Mundo: Shakira x Pitbull e J-Lo na linha do Brasil

É Ole Ola x Waka Waka e La La La enquanto o hino da Fifa deixa os brasileiros na moda

Shakira se apresenta durante o concerto de comemoração do lançamento

Stuart Franklin / Getty Images

Shakira, chocalho e rola

A ave canora colombiana Shakira estará no topo da cerimônia de encerramento da Copa do Mundo, cantando 'La la la (Brasil 2014)' junto com a estrela brasileira Carlinhos Brown. Será a terceira participação de Shakira em uma Copa do Mundo, embora esta tenha sido prejudicada pelo fato de seu amigo, o zagueiro do Barcelona, ​​Gerard Pique, ter sido eliminado prematuramente, quando a Espanha não conseguiu se classificar para a fase de grupos. Também agendados para se apresentar na Cerimônia de Encerramento na semana de domingo, no estádio do Maracanã, estão o guitarrista Carlos Santana e o rapper Wyclef Jean.

Shakira vs Pitbull e J-Lo

Se há uma coisa que faz os pulsos brasileiros dispararem tanto quanto o futebol é a música, e o hino oficial da Copa do Mundo, interpretado pelo rapper Pitbull e Jennifer Lopez, está fazendo exatamente isso - mas pelos motivos errados.



A canção sancionada pela Fifa, intitulada We Are One (Ole Ola), não caiu bem no Brasil, e a principal beneficiada parece ser a cantora colombiana Shakira, cujas canções agora estão sendo defendidas como temas alternativos pelos amantes da música sul-americanos.

E uma batalha tripla entre o Ole Ola da Fifa e dois números de Shakira, La La La e Waka Waka, estourou.

'Embora a brasileira Claudia Leitte também apareça no tema oficial, os críticos dizem que não entendem por que o rapper cubano-americano Pitbull e a cantora porto-riquenha nascida no Bronx, Jennifer Lopez, foram escolhidos para a canção, quando há tantos outros grandes músicos no terra da Bossa Nova ', explica Associated Press . Para piorar a situação, o vídeo não só apresenta famosos marcos e jogadores de futebol brasileiros, mas 'reforça os estereótipos com crianças sorridentes e descalças e mulheres seminuas que dançam samba'.

Também é cantada em inglês e espanhol, observa o Sydney Morning Herald , deixando 'apenas alguns segundos no final para a cantora brasileira Claudia Leitte cantar em seu português nativo'.

O compositor e crítico musical brasileiro Leonardo Martinelli disse à AP que o último hino da Copa do Mundo, assim como seus antecessores, foi 'despojado da cor local'.

'Seja na África do Sul, Alemanha ou Japão-Coréia, o elemento musical regional foi usado apenas como um tempero muito leve ... [com a] quantidade certa de clichês e estereótipos usuais na música comercial', disse ele.

O resultado foi uma campanha para adotar o popular hino da Copa do Mundo de 2010 de Shakira, Waka Waka, como o hino não oficial do torneio. A campanha atraiu bastante apoio no Twitter, embora a música tenha muitas das mesmas deficiências de Ole Ola. Os torcedores esqueceram que Waka Waka, criado para celebrar a África do Sul, tinha uma batida soca e era cantada em inglês por um colombiano, embora tenha um som de guitarra africana.

Um terceiro candidato também surgiu na forma de outra canção de Shakira, La La La, que foi lançada com um vídeo temático de futebol com nomes como o parceiro de Shakira, o zagueiro do Barcelona, ​​Gerard Pique, e vários de seus colegas de clube, incluindo Lionel Messi. O dinheiro arrecadado com a música vai para o Programa Mundial de Alimentos. Nos cinco dias desde seu lançamento, ele teve tantos acessos no YouTube quanto o hino oficial conseguiu em quase duas semanas.

VÍDEOS

Pitbull ft. Jennifer Lopez e Claudia Leitte: We Are One (Ole Ola)

Shakira: Waka Waka (Desta vez para a África)

Shakira: La La La (Brasil 2014) ft. Carlinhos marrom